Remédios: Vírus: seres vivos ou seres não vivos? (Parte 1)

Posted on

As diferentes maneiras como os organismos simbióticos interagem tem sido descritas especificamente como mutualismo, comensalismo, antagonismo, competição, parasitismo e predação.

Diferença em relação ao mutualismo Em ambas as relações ecológicas os seres se beneficiam. A diferença é que no mutualismo os indivíduos possuem relação de dependência. RELAÇÕES ECOLÓGICAS ENTRE OS SERES VIVOS Os seres vivos não estão Grupo 1 Texto Relações Ecológicas entre Seres Vivos, produzido pelo site Ambiente Brasil. Entre o rato e as pulgas, entre os carrapatos e os piolhos e entre o gavião e o rato existem relações interespecíficas denominadas, respectivamente: a) Inquilinismo, competição e predatismo. Essa divisão de trabalho caracteriza: a) Sociedade heteromorfa com relações intraespecíficas harmônicas. As relações ecológicas estabelecidas por árvore-formigas e formigas-cupins podem ser denominadas, respectivamente: a) Protocooperação e competição. Ex: vaca e grama – Predação ou predatismo: É a relação ecológica em que uma espécie animal, predadora, mata e come indivíduos de outra espécie animal, que constituem suas presas. Ex: Leão e zebra – Competição interespecífica: É a relação ecológica em que duas espécies de uma comunidade disputam os mesmos recursos do ambiente.

Vírus: seres vivos ou seres não vivos?

  • Prejudicial para os seres vivos envolvidos
  • Ex: Leões e hienas competem pelo território, água e alimento

As relações ecológicas existentes, respectivamente, entre pulgões-plantas e pulgões-formigas são: A ⇒ parasitismo e mutualismo.

7) (UFPI-adaptada) - Dos tipos de relações ecológicas seguintes, o único que ocorre exclusivamente entre organismos da mesma espécie é: a) Inquilinismo; b) Herbivoria; c) Mutualismo; d) Sociedade; e) Parasitismo. Resolução:Dessas relações, a única que acontece com indivíduos da mesma espécie é a sociedade. b) comensalismo, mutualismo e competição. d) protocooperação, mutualismo e competição. Entre as plantas podem acontecer relações intraespecíficas desarmônicas, como por exemplo a competição por nutrientes. As relações harmônicas interespecíficas são quatro: mutualismo, protocooperação, comensalismo e inquilinismo. O mutualismo caracteriza-se como uma relação entre dois indivíduos de espécies diferentes que vivem obrigatoriamente juntos, ajudando-se mutuamente. No mutualismo as duas espécies tiram proveito da relação, de tal forma que, quando separadas, são incapazes de viver individualmente. Relações desarmônicas Trata-se da relação que favorece uma espécie e lesa a outra, também pode ser intra-específicas ou inter-específicas.

Resumo da aula Relações ecológicas entre os seres vivos

  • interações entre seres vivos de espécies diferentes

Relações intra-específicas ou homotípicas Competição intra-especifica É a competição entre seres da mesma espécie, que rivalizam por alimento e território.

Canibalismo O canibalismo é a relação entre indivíduos da mesma espécie, onde um dos seres mata e come outro indivíduo de sua espécie. Competição Interespecíficas Esta competição acontece entre os indivíduos de espécies diferentes e que vivem no mesmo ambiente e disputam o mesmo nicho ecológico, por exemplo, cobras e corujas. Ambas se subdividem em: intra-específicas ou homotípicas (população) – relações ocorridas entre seres de mesma espécie; interespecíficas ou heterotípicas (comunidade) – relações ocorridas entre seres de espécies di­ferentes. Relações  interespecíficas Harmônicas ou positivas: •         protocooperação; •         mutualismo; •         comensalismo; •         epifitismo; •         inquilinismo. Relações harmônicas e desarmônicas O conjunto de populações, como já sabemos, é cha­mado de comunidade (ou biocenose), em que a relação ecológica entre os organismos vivos é muito mais evi­denciada. Relações ecológicas interespecíficas  –  harmônicas ou positivas Protocooperação – cooperação ou mutualismo não obrigatório. Foresia Nessa relação uma espécie transporta outra, como em todas as relações comensais, em que um dos indivíduos é neutro. Relações ecológicas interespecíficas – desarmônicas ou negativas Competição interespecífica Parasitismo Nesse tipo de relação ecológi­ca, um organismo denominado pa­rasita retira do hospedeiro substân­cias necessárias para o seu meta­bolismo. Esse tipo de relação ecológica pode ter grandes impactos em uma comunidade de seres vivos.

Apresentação em tema: “CLASSIFICAÇÃO DOS SERES VIVOS. A classificação dos seres vivos Por que classificar os seres vivos? A biodiversidade do planeta é muito grande→ a classificação.“— Transcrição da apresentação:

  • Podem ser divididas em relações harmônicas e relações desarmônicas.
  • Entre as principais relações podemos citar: inquilinismo,mutualismo, protocooperação, competição predação e parasitismo.

As relações ecológicas entre os seres vivos poder ser de dois tipos: harmônicas e desarmônicas.

Veja abaixo as principais relações desarmônicas entre os seres vivos. fontes: Os seres vivos atuam na natureza de maneira não isolada, por isso, precisamos estudar as relações entre eles. Dessa forma, as relações ecológicas podem ser divididas em intraespecíficas (aquelas entre seres da mesma espécie) e interespecíficas (entre espécies diferentes). A diferença é que no mutualismo essa interação é indispensável para a sobrevivência dos seres. A competição existe tanto entre indivíduos da mesma espécie quanto de espécies diferentes e constitui a mesma interação. É a competição (alimentar, territorial, sexual etc) entre os seres que vivem no mesmo ambiente, principalmente em situação de falta de recursos na natureza. Hoje você vai sabendo pouquinho sobre as principais relações ecológicas entre os seres vivos, suas características e exemplos que vão ilustrar este tema. Quando dois indivíduos interagem, essa relação pode: As relações ecológicas entre os seres vivos podem ser divididas em duas: harmônicas ou desarmônicas. Comensalismo, inquilinismo, sociedade, protocooperação, mutualismo, simbiose são exemplos de relações harmônicas.

O que é mutualismo, predação, comensalismo, protocooperação, sociedade e parasitismo entre os animais.

Veja aula original em Relações ecológicas entre os seres vivos Uma relação mutualista é aquela em que organismos de espécies diferentes interagem e ambos se beneficiam.

Vejamos logo abaixo os principais tipos de relações desarmônicas A competição pode ocorrer entre indivíduos da mesma espécie ou entre indivíduos de espécies diferentes. Relações bióticas Interações intraespecíficas Interações interespecíficas Este tipo de relação estabelece-se quando seres da mesma população se organizam em sociedades (ex: abelhas) ou em colónias (ex: pinguins). Relações Ecológicas Intra-específicas Inter-específicas DesarmônicasHarmônicas Desarmônicas Harmônicas amensalismo canibalismo colônias inquilinismo competição mutualismo competição sociedades parasitismo simbiose predatismo comensalismo 3 SOCIEDADE COLÔNIA RELAÇÕES ECOLÓGICASSão agrupamentos de indivíduos da mesma espécie que têm plena capacidade de vida isolada mas preferem viver na coletividade. RELAÇÕES INTERESPECÍFICAS DESARMÔNICAS- Parasitismo Predatismo Amensalismo Competição 10 RELAÇÕES ECOLÓGICAS DESARMÔNICASAMENSALISMO (antibiose) Relação na qual uma espécie bloqueia o crescimento ou a reprodução de outra espécie, denominada amensal, através da liberação de substâncias tóxicas. Nesta lição, aprender os muitos tipos de simbiose na biologia, e como essas relações podem ter um efeito positivo, negativo ou neutro sobre as espécies individuais. Um exemplo de mutualismo é a relação entre acácias bullhorn e certas espécies de formigas. Estas relações são classificadas como relações intraespecíficas, quando ocorrem entre indivíduos da mesma espécie, ou interespecíficas, quando ocorrem entre indivíduos de espécies diferentes.

A competição intraespecífica ocorre quando indivíduos da mesma espécie disputam por um ou mais recursos no ambiente, como água, alimento, luz solar, parceiros para a reprodução etc.

Diversas espécies vivem em sociedade, como nós, seres humanos, e insetos como as abelhas, que possuem comunidades altamente organizadas. Outras relações intraespecíficas: As relações entre indivíduos de diferentes espécies podem ir desde uma espécie que se alimenta de outra até a dependência mutua dos indivíduos envolvidos. O nome dado às relações que se estabelecem entre os seres vivos é:a) Antibióticasb) Bióticasc) Abióticasd) Macrobióticas2. No caso dos seres vivos serem de espécies diferentes dá-se o nome de:a) Relações intraespecíficasb) Relações hiperespecíficasc) Relações interespecíficasd) Relações introspectivas3. Ambos os seres vivos beneficiam.d) Uma relação obrigatória para o comensal, sendo para o outro ser vivo facultativa. Predatismo: relação ecológica desarmônica O que são São as relações existentes entre os seres vivos ou entre estes e o meio ambiente. Estas relações podem ser harmônicas, quando não ocorre prejuízo entre as espécies envolvidas ou desarmônicas, quando uma espécie sai em vantagem em detrimento da outra. Principais relações ecológicas Comensalismo É uma relação ecológica entre seres vivos de espécies diferentes onde uma espécie se beneficia no aspecto alimentar sem prejudicar a outra. Mutualismo É uma relação ecológica harmônica entre seres vivos de espécies diferentes onde ambas são beneficiadas na relação.

Parasitismo Relação ecológica desarmônica entre seres vivos de espécies diferentes onde uma se beneficia, enquanto a outra sai prejudicada sem morrer.

Nesta relação, as duas espécies de seres vivos saem prejudicadas, pois uma acaba prejudicando o desenvolvimento da outra. que ocorrem entre seres de espécies diferentes (Predação; competição; INTRAESPECÍFICAS são as relações que se estabelecem entre seres vivos da Simbiose é uma relação entre dois seres vivos em que dois diferentes organismos vivem juntos em estreita relação de sobrevivência. No mundo existem três tipos de relação de simbiose: mutualismo, parasitismo comensalismo. Um dos exemplos de relação de mutualismo é a união das formigas e a planta acácia. Os crocodilos e o pássaro massarico é outra das relações de simbiose do tipo mutualismo das mais interessantes. Os seres vivos vão ficar em conjunto, mas pelo fato de um estar na relação, o outro não está sendo beneficiado. As relações bióticas são relações que se estabelecem entre seres vivos presentes no mesmo ecossistema.

Exemplos de relações bióticas intra-específicas: Cooperação (+/+) Indivíduos da mesma espécie colaboram entre si, podendo dividir funções.

Exemplos de relações bióticas inter-específicas: Predação  (+/-) Tal como acontece no canibalismo, na predação um indivíduo captura e se alimenta de outro indivíduo. Disponível na Internet em http://www.sobiologia.com.br/conteudos/bio_ecologia/ecologia19.php Na biologia aprendemos sobre as relações harmônicas e as desarmônicas entre os seres vivos. Se divide em mutualismo obrigatório, onde é criada uma relação de dependência, e mutualismo facultativo ou protocooperação, onde as espécies permanecem independentes e podem trocar de parceiros. Mutualismo, inquilinismo ou parasitismo, em qual destes exemplos você baseia estas relações? Busque se alimentar das relações de mutualismo, afinal tudo o que favorece os dois lados proporciona resultados mais saudáveis e duradouros. Uma classificação das relações ecológicas Os tipos de relações ecológicas RELAÇÕES HARMÔNICAS (interações positivas) INTERESPECÍFICAS (heterotípicas) Mutualismo - Associação necessária à sobrevivência de duas espécies, em que ambas se beneficiam. RELAÇÕES DESARMÔNICAS (interações negativas) INTERESPECÍFICAS (heterotípicas) Competição interespecífica- Relação entre indivíduos de espécies diferentes, que concorrem pelos mesmos fatores do ambiente, existentes em quantidade limitada. INTRAESPECÍFICAS (homotípicas) Competição intraespecífica - Relação entre indivíduos da mesma espécie, que concorrem pelos mesmos fatores do ambiente, existentes em quantidade limitada. No mutualismo obrigatório, também chamado de simbiose, as espécies associadas dependem permanentemente uma da outra, não conseguindo sobreviver sem a presença do outro indivíduo. Mutualismo entre gado e ave: benefícios para ambos O que é Mutualismo é uma interação (relação) entre duas espécies, em que ocorrem benefícios para ambas. No mutualismo, as espécies podem ou não viver juntas, dependendo do tipo de relação. Tipos de mutualismo: Mutualismo Obrigatório Também conhecida como simbiose, nesta relação as espécies dependem uma da outra para sobreviver. Para terminarmos o assunto de tipos de relações entre os seres vivos, vamos falar dos últimos dois tipos. Olhem só esse vídeo com outro exemplo: Nosso último tipo de relação é a COMPETIÇÃO.